Velocidade de sites: a corrida para o topo do Google

Quer que seu site tenha uma classificação mais elevada no Google? É requisito fundamental carregarremento rápido.

 

Em 2021, criar um site com a velocidade de carregamento rápido se tem se tornado cada vez mais importante para o Google.

… chegou o momento de as empresas REALMENTE se concentrarem em oferecer a experiência mais rápida de DESKTOP e MOBILE amigável que você possa alcançar.
Hobo (uma fonte líder em material de referência de SEO)

Por que é importante ter um site rápido?

No final das contas, o Google sempre quer levar as pessoas aos sites da melhor qualidade que pode encontrar e que sejam relevantes para sua pesquisa.

Se o desempenho do seu site é mais lento que o do site da concorrência, isso é um forte sinal para o Google de que eles estão proporcionando uma experiência online melhor do que a sua.

O Google não se preocupou sempre com a velocidade da página?

É verdade que, desde 2010, o Google usa a velocidade da página como um sinal de classificação .

Também sabemos que, em 2013, os especialistas em SEO Moz relataram que elementos como Time to First Byte (TTFB) são importantes para ficar de olho .

O problema era que o amplo acesso a ferramentas que ajudavam os consultores de SEO a realmente ficar de olho nesses detalhes era escasso e as métricas variavam muito.

O investimento do Google para tornar a web um lugar mais rápido

O ponto de mudança veio no início de 2018, quando começamos a ver o Google amadurecer seus experimentos com a extensão Lighthouse Chrome e mover esses recursos para as ferramentas de desenvolvedor do Google Chrome.

 

No final de 2018, o Google também lançou Web.dev ; um site projetado para expor ainda mais o Lighthouse como uma forma de medir métricas críticas com as quais o Google claramente se preocupa.

Este é o Google dizendo ao mundo:

“Aqui estão as ferramentas de que você precisa para tornar o seu site mais rápido. Ignore-as por sua conta e risco.”

Sites rápidos realmente valem o esforço.

Mesmo que uma classificação no “topo da página” não seja o que você procura, vários estudos mostraram que sites que carregam mais rápido convertem mais leads.

Para web designers que estão planejando um novo site, isso torna mais importante do que nunca fazer escolhas de design que visem a velocidade e facilidade de uso.

Como acelerar seu próprio site

Enquanto estamos vendo esses fortes sinais do Google de que eles desejam listar sites de carregamento rápido e limpos no topo de suas classificações; também estamos vendo muitas empresas optando por usar temas e CMSs que realmente as colocam em desvantagem.

Se você tem um ótimo site, mas não é rápido o suficiente, há muito que pode ser feito para ajudar.

Os problemas comuns que examinamos são:

 

  • Desempenho do servidor
  • Oportunidades para implementar um serviço CDN
  • Blocos de código inchados
  • Solicitações de arquivo excessivas
  • Bibliotecas de código mal embaladas
  • Arquivos de mídia pesada
  • Código mal escrito
  • Páginas de destino sobrecarregadas
  • Oportunidades de armazenamento em cache e compressão
  • Muitos pedidos SQL

Se isso parece um pouco complicado demais para resolver você mesmo, não se preocupe, existem várias agências de web design de especialistas que podem ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.