Dicas para diminuir sua dívida no cartão de crédito

O cartão de crédito é um tipo de financiamento imediato que nos permite comprar ou financiar nossos objetivos de compra, mas, em contra partida, pode ser prejudicial se não houver uma boa administração.

Desta forma, confeccionamos esse artigo com dicas para diminuir as dívidas no cartão de crédito.

Como diminuir as dívidas no cartão em 6 passos

Confira 5 dicas simples que podem ajudá-lo a diminuir suas dívidas e contribuir para uma boa avaliação de crédito no mercado.

Entre em contato com seus credores

Este é o passo mais importante e o que a maioria das pessoas evita. Muitas vezes não ligamos para os credores a fim de pedir taxas mais baixas. Se for um bom pagador e não estiver sempre quitando suas faturas a partir do parcelamento mínimo, é possível pedir a redução de taxas.

Tenha sempre em mente que juros menores facilitam o pagamento da dívida. Uma taxa mais baixa significa que uma quantia menor de cada pagamento mensal que você faz é consumida por causa dos juros acumulados. Com a diminuição dessas taxas, você pode pagar o capital (dívida original) muito mais rápido.

Priorize seus débitos

Depois de negociar as taxas é preciso organizar todas as dívidas que tem para pagar, a partir da taxa anual. Primeiro você deve pagar suas dívidas com o maior TAEG, porque elas custam mais dinheiro. Então, se pagá-los primeiro, economizará dinheiro em juros totais.

Simplifique seu orçamento para maximizar o fluxo de caixa

Em seguida, você precisa obter tanto fluxo de caixa quanto possível para o seu plano de redução da dívida. Veja quanto fluxo de caixa livre tem em seu orçamento: esse é todo o dinheiro que sobrou depois de pagar as contas e as despesas necessárias.

Então veja se tem despesas não prioritárias que pode reduzir temporariamente enquanto diminui sua dívida. Lembre-se, você pode retomar essas despesas, uma vez que tenha terminado de eliminar a dívida. Pense nisso como uma dieta na qual é preciso ficar enquanto perde todo o peso financeiro extra.

Quanto mais fluxo de caixa você tiver disponível para reduzir a dívida, mais rápido será. Mais rápido, também significa menos taxas de juros aplicadas à sua dívida, por isso também lhe poupará dinheiro. Vale à pena evitar algumas despesas por um curto período de tempo, a fim de não obter essas dívidas com altas taxas de juros.

Pague o máximo de uma dívida possível e, em seguida, o mínimo sobre o restante

Agora você pode começar a eliminar seus débitos. Neste momento, pode pensar que você deve colocar um pouco de dinheiro extra em todas as suas dívidas de uma só vez. No entanto, isso não é rentável. Ele terminará com um monte de encargos mínimos para pagar tudo de uma vez.

É mais eficaz se concentrar em uma dívida de cada vez. Faça o pagamento mínimo exigido em todas as dívidas do seu cartão de crédito, exceto o cartão com a maior taxa anual. Use todo o fluxo de caixa adicional que você gerou para fazer o maior pagamento possível dessa dívida.

No entanto, essa dica é aplicável para no máximo dois cartões e no primeiro mês até se organizar, pois efetuar o pagamento do valor mínimo com frequência diminui o seu crédito no mercado e pode acumular juros altíssimos, transformando suas dívidas em uma bola de neve.

Elimine suas dívidas, uma a uma

Depois de eliminar a primeira dívida, passe para a dívida com a próxima maior taxa anual. Pague em prestações e continue na linha até desmarcar o saldo. Com cada dívida que você eliminar, irá liberar mais dinheiro para poder usar para o pagamento da próxima dívida.

Mantenha o controle sobre seus gastos

É preciso ficar sempre atento a sua última fatura e o site “2viafatura.com.br” pode te ajudar com isso, pois ter em mãos a 2º via da fatura e saber informações como a data limite para realizar compras e a data de vencimento da fatura é essencial para poder se organizar e evitar surpresas como gastos maiores que sua capacidade de pagamento e o conseqüente aumento das dívidas.

 

Gostou das dicas? Então compartilhe e ajude a divulgar essas informações!!!

 

2 thoughts on “Dicas para diminuir sua dívida no cartão de crédito

Deixe uma resposta