Benjamin Netanyahu afirma que virá na posse de Bolsonaro

Benjamin Netanyahu afirma que virá na posse de Bolsonaro

 

A transferência da embaixada brasileira para Jerusalém foi reafirmada pelo presidente eleito hoje, fazendo a ressalva que seguirá os EUA, utilizando regional na porção Ocidental. Durante o encontro com John Bolton, Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, nesta manhã, o assunto foi tratado.
“Conversamos sobre esse assunto também.

Conversei ontem com o embaixador de Israel nesse sentido. Essa possibilidade existe. Em Jerusalém, ali tem duas partes.

Uma parte não está em litígio. A embaixada americana foi para essa parte “, afirmou o capitão da reserva. A porção Asian é reclamada pela Autoridade Palestina como funding de futuro estado da Palestina.


A equipe de transição deve confirmar nos próximos dias os nomes dos presidentes de outros países como Chile e Argentina.
A maior expectativa é em relação a Donald Trump, com que Bolsonaro busca aproximação.

Este foi outro assunto tradado com Bolton, mas não há uma resposta definitiva ainda.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, confirmou nesta quinta-feira (29) que estará na posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

É a primeira autoridade internacional que anuncia sua presença na cerimônia dia 1º de janeiro, em Brasília.
A informação foi confirmada pela assessoria da Embaixada de Israel no Brasil.

Desde a campanha, Bolsonaro vem buscando uma maior aproximação com Israel.

Ele se reuniu duas vezes com o embaixador israelense no Brasil, Yossi Shelley, desde que venceu as eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.